Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Valetas Fundas

A vida é amarga e doce. E com a profunda vivência desses dois estádios, acabamos por perceber que nem tudo é como um dia sonhámos. Mas o nunca não existe; resta o tempo. Para ignorar, curar, crescer! E viver.

Valetas Fundas

A vida é amarga e doce. E com a profunda vivência desses dois estádios, acabamos por perceber que nem tudo é como um dia sonhámos. Mas o nunca não existe; resta o tempo. Para ignorar, curar, crescer! E viver.

Serenata

Bárbara Celta, 21.09.21

 

candidato.png

Não sei se hei-de começar pelos defeitos ou pelas virtudes. Como sou preguiçoso (uma das virtudes), é por aí que começo. Sempre são menos do que os defeitos. Temos portanto aquilo que já conhece, e que prometo não repetir, salvo duas mentirinhas inofensivas que podem, à partida, destruir-me a imagem, assim a Íris dê grande relevância a esses assuntos: signo astrológico e cor de cabelo, as quais saíram mais ou menos aleatoriamente.

Por conseguinte, lamento, mas não sou Gémeos. Quisesse o acaso, e podia estar aqui a apresentar-me como Peixes, Carneiro, Escorpião, Caranguejo ou outra bicharada menor. Mas não!, sou Leão.

O outro "tropeço" - não é bem uma mentira -, foi mais uma coisa do género "como é que vais sair desta agora, rapaz?", se não tens cabelo castanho, nem preto, nem louro, nem branco! Tenho cabelo grisalho (sim, eu também lamento!) e não "castanho claro". O que é (quase) a mesma coisa à falta dessa opção no preenchimento de qualquer formulário. Sim, ela vulgarmente não aparece - nós, os grisalhos, somos uns discriminados.

E pronto, estas são as qualidades.

Ah, sim?? E a Igreja Una Santa Católica Apostólica Romana não lhe ensinou que "mentir" é pecado?! Para cúmulo, a uma mulher de bem, recatada, inocente e ingénua, esperando um D. Quixote cortês? E mesmo sendo "pecado venial", será que tenho selo na testa, gravado com Madre Teresa de Calcutá, para aceitar a confissão e oferecer-lhe o respectivo perdão?! De facto sou Virgem e Maria, mas... mau-feitio, contundente e frontal - pouco dada a "certas tolerâncias"...
"Lamenta não ser Gémeos"? Porquê, é melhor que Leão?!! Ou, pelo contrário, quis dizer-me que era Grande, brilhante, o Rei-Sol, e tudo o mais era uma espécie de "bicharada menor"?
Olhe!, bem pode estar ciente de que, embora o signo eventualmente seja um "grande cartão de visita", no caso, é absolutamente irrelevante, tal como a cor do cabelo. O mesmo não diria da falta dele (na medida em que o próprio se sentisse por isso afectado)... Assim como da "fumaça"! Isso, sim, que não suporto.

Para início de hostilidades, deixe-me dizer-lhe que Madre Teresa de Calcutá, não era aquela que se diz que ela era. A moça era mais retorcida do que a pintam. Nos tempos - loucos, apressados e descartáveis - que correm, uma pessoa já não pode ser sincera que lhe perguntam logo para que santo está a pedir. Bad!
Sobre astrologia e derivados: não pretendi de forma alguma denegrir os outros signos: são de facto horrorosos, mas isso pensa-se e não se diz. Pretendi apenas (mais uma vez a verdade a tomar o coração), informar que o signo com que me identifiquei decorreu de uma roleta - pode não ligar nada a isso, e aí vão dois -, mas há gente para quem o facto é não só importante como, pior, motivo de conversa. Posso considerar então, sem abuso, que por aí nos entendemos. Aproveitando o parágrafo, vou mais além e revelar-lhe em primeira mão que sim, estou a ficar aceleradamente careca no cocuruto, mas, p.f., agora não vá espalhar isso por aí. 

serenatajanela.jpg

"Por aí"?! Não, claro, faça favor de não se apoquentar, por quem me toma? Na verdade, sou um poço sem fundo!

Ah!, e a bem do "cocuruto", cuide-se! Essas coisas costumam acontecer devido à... ansiedade! Nervosismo! Falta de paz de espírito!
Ter demasiados excedentes e uma capacidade de consumo humana, logo, por força limitada!
Ver o mundo fugir e não poder agarrá-lo...
Really not too "bad", sorry! Acontece ao mais pintado...